quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

E, com o tempo passando...


O tempo tem tudo para ser meu aliado. Bastaria que eu entendesse que ele está ao meu lado. Mas, a ansiedade que por vida me domina, não permite. Não consigo ter muita paciência com o meu trabalho, com meus amigos, meu namorado, minha família. Sinto que o mundo vai acabar se preciso esperar muito por alguma coisa, se a demora é sem sentido ou se as coisas simplesmente não se arrumam como deveriam. A ansiedade mata, corrói o ser humano por dentro, mas é algo em que a gente nunca, nunca, vai conseguir controlar.

Mas, mesmo os ansiosos tendem a aprender com o tempo. Já achei que ía matar um chefe, esbofetear um gerente, esganar uma vadia... Já tive certeza de que tudo ia dar errado, de que tudo tinha acabado, de que não adiantava correr mais por nada. Mas, foi um mero engano.

A vida me dá umas tabocadas. Umas tapas na cara mesmo. Faz com que a gente aprenda e, para isso, ela usa o seu mais eficaz aliado: O tempo. Seja para conforto, conformismo, aceitação, entendimento, surpresa, vitória ou derrota. O tempo faz parte de todo o processo da vida. Ele, com sua calma e mão materna, faz com que nós, meros mortais bobos e sem experiência, possamos aprender o que viver, morrer, vencer, perder, lutar, chorar, cair e levantar. E ele, só ele, é capaz de fazer isso por nós.

domingo, 13 de dezembro de 2009

O mistério dos cactos desaparecidos

Meus cactos estão sumindo.

Tenho uma jardineira de cactos. Acho plantas lindas. Resistentes e que crescem bastante rápido quando você coloca água com frequência. E se você for um esquecidinho igual a blogeira que vos escreve, não se preocupe, eles estarão lá firmes e fortes do mesmo jeito.

Daí, que eu morro de ciúme dos meus. São lindos e crescem bastante (graças a minha mãe que sempre coloca água neles). Há uns 15 dias, comprei um vaso novo. Comprido e que me permitiu colocá-los lado a lado. Ficou lindo!

Resolvemos colocar a jardineira no jardim (certo?) pq no terrraço eles não levavam muito sol.

Hoje quando acordo, mainha grita lá de baixo: " Marina, roubaram teus cactos. A jardineira está com apenas dois deles e a terra bem arrumadinha no vaso..."

Desci que nem foguete para ver o que era. Realmente só tinham dois na jardineira e a terra bem arrumadinha.

Mas, o corpo de um dos cactos estava largado perto da jardineira e, a partir dessa prova, parti para as investigações. Antes, replantei o cacto (como disse, eles são muito fortes). Na hora que viro de costas para a jardineira, me deparo com a minha suspeita n° 1. Xuxu. Minha digníssima filha salsichinha que destroi tudo o que os dentinhos dela permitem. Ela estava balançando o rabo toda feliz e orgulhosa enquanto eu mexia na jardineira. Foi aí que eu reparei que os cactos sumidos eram os que tinham os espinhos maiores ou praticamente não tinham espinhos. Os mais recheados ou com espinhos semelhantes a pelos (que entram na pele e você nem percebe e só depois começa a doer) estavam INTACTOS!

Acho que encerrei as investigações. Achei a meliante. E já suspendi a minha jardineira para longe do chão.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

Niver!




O blog fez dois anos!!

D-O-I-S Anos!








Meu grande companheiro de todas as horas, o responsável por muitas amizades, choros, desabafos, risadas...

Dois anos!


quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Nos flashes da minha vida


Grande dia... A lista está grudada na parede... eu estava vendo de longe ela lá... e pensando: Será que meu nome está nela??? Seráaaa?? E estava... e eu nunca mais esquecerei disso... fiquei em primeiro lugar no vestibular... e tive um flash.

Meu vestido foi preto. Meu pai foi meu padrinho. Muitos dos meus colegas de classe estavam junto comigo desde os nossos primeiros passos, primeiras palavras, primeiras letras. Terminávamos o ensino médio juntos. Sorrisos, choros, pais, professores.... fotos...

Primeiro dia de aula na faculdade. Entro na sala ansiosa. Cheguei cedo... Só tinha uma pessoa lá. Trocamos um bom dia nervoso... e por aí foi um longo curso... cheio de lembranças e mais flashes...

E, num belo dia de sol, muito sol, nos reunimos cheio de saudade... tinhamos que ter uma imagem de beca... a placa de formando nos aguardava... as imagens de bastidores são sensacionais... a foto ficou linda... linda... Minha faixa azul cintilante destacou bastante na beca preta. O sorriso então...

Dessa vez meu vestido foi verde. Mas nem fez diferença... todos queríamos nossas becas, subir no palco e pegar o tão suado e dedicado diploma... E esse momento, como todos os outros na minha vida, ficou registrado nas lentes de uma câmera e está eternizado em meu coração.

A fotografia é isto.

Realizações, momentos, verdades, lembranças.


Para rir ou para chorar... tanto faz, o que importa é a eternidade e a intensidade com que foi vivido cada momento da vida. De preferência, com uma câmera por perto... para se ter MUITAS histórias para contar...

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Matar o namorado do coração não tem preço!!!

Um amigo meu está com um programa de rádio muiiittooo legal na internet. Eis que peço uma música de Nando Reis (Claro) - As coisa tão mais lindas - e peço para ele dizer que é para que meu namorado parar de me enrolar e casar logo!!!!


E... ele disse!! Foi o máximo!!!! E meu amor adorou!! Hahaha

Certas coisas não tem preço!

O programa é toda quinta-feira - 21h - horário de Brasília! Ouça aqui! Mas agora só na semana que vem!!

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

News!

Deixei a Pin Up do Layout de lado... voltei a ser criança!! Hahaha

Lay novo, mas sem post novo! Dívidas blogueira? Milhares!!

Aguardem!

Tô voltando...

Deixo a letra de música mais linda já escrita em todos os tempos:

What A Wonderful World


I see trees of green, red roses too
I see them bloom for me and you
And I say to myself

What a wonderful world

I see skies of blue and clouds of white
Bright sunny days, dark sacred nights
And I think to myself
What a wonderful world

The colors of the rainbow are so pretty in the skies
Are also on the faces of people walking by

I see friends shaking hands saying
How do you do?
They´re really saying
I love you

I see babies cry, I watch them grow

They´ll learn much more than I´ll ever know
And I think to myself
What a wonderful world
Yes, I think to myself

What a wonderful world

And I say to myself
What a wonderful world

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Ops

O quase pedido de demissão virou pedido de demissão.
O quase chamado para outra empresa virou emprego.

Pois é. Vida nova.

Estou me sentindo como o cara da foto...


segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Quase...


Sumida? Sim.

Estou na fase do quase.

  • Quase pedi demissão
  • Quase, por sorte, arrumei outro emprego
  • Quase me decidi pela pós graduação
  • Quase mandei tudo pelos ares
  • Quase tive um siricutico nervoso de tanto stress
E não fiz nada disso! Ainda não descobri se isso é bom ou não!
Mas, o feriadão de aproxima e Bonito me aguarda... que saudade daqueles rios de água gelada...

Obrigada pelos selos, indicações, palavras... sou ausente presente, garanto!

domingo, 20 de setembro de 2009

E, no meu relicário...

Posso fazer uma lista imensa com trilhas sonoras da minha vida.
Mas tenho uma música que significa muito para mim.

De quem? Nando Reis, claro.

Qual? Relicário, sempre.


Para quem não conhece, aqui está a letra.

A importância dela para mim se dá devido ao fato dela ter marcado uma grande mudança na minha vida. De ter marcado o meu início de namoro, de ter feito eu me apaixonar por Nando Reis e, principalmente, por ela narrar extamente aquele momento que vivi naquele dezembro de 2007.

Relicário, para quem não sabe, é um objeto utilizado para guardar relíquias. Isto é, um objeto que temos todo o cuidado do mundo. O meu relicário é o meu coração. Nele estão guardados todos os meus sentimentos, meus momentos, minhas pessoas, minhas lembranças...Nele está todo o meu amor.

Nando Reis diz na letra:

"...O que está acontecendo?
O mundo está ao contrário e ninguém reparou
O que está acontecendo?
Eu estava em paz quando você chegou..."

Sentiram isso? Você está vivendo a sua vida, infeliz, mas está. E, no meu caso, nem sei se eu tinha consciência da minha infelicidade. Vivia em uma "paz" que eu não sabia ser tédio. E ele chegou.

Virou tudo de cabeça para baixo e levou minha "paz".

"...Corre a lua porque longe vai?
Sobe o dia tão vertical
O horizonte anuncia com o seu vitral
Que eu trocaria a eternidade por esta noite..."

Milhões e milhões de vezes penso que determinados momentos nao deveriam se acabar. Eu tinha tanto medo que acabasse, que tudo fosse tirado de mim. Eu não acreditava que estava sendo tão feliz e que tinha tanta gente atrapalhando... então eu sempre queria eternizar cada momento.

E hoje, tenho cada momento vivido guardado com todo amor e carinho no meu relicário...

"... Um relicário imenso deste amor...".

domingo, 13 de setembro de 2009

Nando Reis 06/09/09

Show de Nando Reis, Porto de Galinhas/PE - 10/09/2009

A banda sobe ao palco por volta da meia noite. Cenário paradisíaco, todo mundo na areia, em Maracaípe, os coqueiros com iluminação colorida. Tudo perfeito.

Músicas do novo cd são cantadas por tudo mundo e a banda começa a se empolgar. Eles começam então a cantar as músicas mais antigas e a platéia continua dando um show...

Nando Reis diz: A próxima canção é dedicada a estrela que mais brilha no céu, a estrela que mais faz falta em meu coração. Aponta para o céu e diz "Cássia Eller". A intensidade desse momento nunca poderá ser descrito pq a voz engasgada da emoção dele foi que fez tudo isso. A banda começa a música de forma arrepiante e Nando tenta começar a cantar... e não consegue... a platéia canta por ele, que sorri e agradece duas vezes emocionado, a participação de todo mundo naquela homenagem linda!

Mesmo tanto tempo depois, a emoção ainda toma conta dele ao cantar para ela...

Vejam o vídeo lindo desse momento aqui! É emocionante!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Atitude!

Vocês já pararam para pensar em como uma pequena atitude pode mudar radicalmente o destino de alguém? Não estou falando de largar tudo, mudar de curso, trocar de namorado, carro ou qualquer outra coisa. Estou falando de coisas bem menores.

Essa semana passei por uma situação muito chata. Tive que cancelar uma transação por conta de um telefonema. Da ausência dele, para ser mais precisa. Um simples telefonema informativo fez com que uma empresa cancelasse uma venda, descarregasse um caminhão já carregado, desprogramasse a comissão do vendedor e querendo ou não, queima um pouco o seu filme e estraga a pronta-entrega que não seria privilégio de todos os compradores.

Onde eu fico nisso? Eu fui a compradora. Eu fui a pessoa que não recebi o telefonema e tive que cancelar isso tudo. Eu fui a pessoa que passou por esse constragimento.

Mas, já cometi esse erro também e já causei coisas parecidas. Todo mundo quebra a cara um pouquinho para aprender e comigo não está sendo diferente. O que prezo bastante em tudo o que faço é a honestidade e a sinceridade. Assumo meus erros, me informo quando não sei, procuro esclarecer sempre as coisas, busco e repasso informações e, principalmente, procuro tratar todos de forma igualitária.

Sou adepta do "gentileza gera gentileza" e adoto esse lema para tudo na vida: Grosseiria gera grosseiria, desleixo gera desleixo, mentira gera mentira... e por aí vai.

Vamos dormir com a nossa consciência limpa para que nossos sonhos sejam tranquilos!

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Despertar

Estava escuro. Tudo o que se via eram luzes. Amarelas, vermelhas e azuis. As amarelas andavam de um lado para o outro, as vermelhas piscavam e as azuis permaneciam intactas. Era como se fossem carros passando, mas os meus olhos não se abriam o suficiente para que eu conseguisse entender o que acontecia ao meu redor.

Algo quente escorria na minha cabeça, eu não via a cor, mas era quente. Provavelmente sangue. Mas, sangue? Na minha cabeça? Foi aí que me dei conta de onde estava.

Ao meu redor eu sentia muita terra e um cheiro estranho. Era como algo podre e que um tempo depois descobri ser o cheiro da morte. Tudo estava retorcido, mas nunca saberei explicar o que era o tudo naquele momento. Também descobri o motivo de não conseguir abrir os olhos: tinha terra no meu rosto. Terra junto com o líquido quente (o sangue?).

Então tentei me levantar e me dei conta de que estava embaixo de muita coisa. Afastei uns volumes que prendiam minha mão esquerda e com as duas livres, pude ir tirando todo o resto que me cobria. Eram tijolos, telhas, folhas secas... me limpei o suficiente e saí dali. A rua estava triste de se ver. Não existiam mais casas, prédios ou construção alguma. Nem a que eu estava. Estava tudo em ruínas. Tijolos, ferros, metais, vidros... todos espalhados por todos os lados.

Como era noite, a escuridão reinava. Somente aquelas luzes eram vistas e logo me dei conta de quem não se tratavam de carros. Era uma guerra. Cada vez elas aumentavam mais de intensidade e o ruído era extrondoso. Sempre acompanhados por explosões e fumaças. Mas o silêncio imperava no local. Não se ouvia uma única voz humana e passei a me perguntar se eu era a única critatura viva naquele local.

Comecei a andar e a querer procurar pessoas. Mas, ao mesmo tempo, sentia medo do que poderia encontrar por ali. A cada esquina, imagens novas. Carros completamente destruídos e virados de ponta cabeça como se fossem carrinhos de brinquedo; um ônibus virado de lado, com todas as janelas quebradas e um detalhe importante: Pude notar que as janelas tinham sido arrancadas e não quebradas. Será que os passageiros saíram de lá? Não tive coragem de ir ver e me mantive na minha caminhada.

Vez ou outra me vi interrompendo meus passos devidos as luzes que passavam. Os estrondos eram muito fortes. Doiam dentro de mim. Era como se cada bomba daquela estourasse dentro de cada órgão meu, um a um, e o efeito disso tudo era realmente bem semelhante a isso. Eu estava perdendo minhas forças, meus braços não levantavam mais, minhas pernas tremiam e minha mão que estava presa tinha um ferimento terrível. Eu não conseguia nem olhar para ela.

Chegou um momento em que andar já era uma tarefa impossível. Me encostei em um resto de muro que provavelmente era branco e que agora era marrom e faltavam diversos pedaços em sua superfície. Me peguei tentando entender o que tinha acontecido, onde estavam as pessoas, quem fez aquilo... e de repente tudo ficou branco... e eu já não estava mais ali. Estava em um lugar completamente branco e eu não estava mais suja. Nem ferida. Nem sentindo dores... E após isso, tudo sumiu.

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Cinco motivos para odiar uma segunda-feira

1- Você sempre acorda com alguma dor e não pode faltar ao trabalho para não pensarem que você está de ressaca.
2 - Tudo o que aconteceu de errado no trabalho durante o fim de semana sobra para você na segunda-feira.
3 - O trânsito é maior. Provavelmente por conta do item 1.
4 - As horas não passam.
5 - Quando passam, você não fica feliz. Ainda tem 04 dias de trabalho até o sábado.

Boa semana (para quem for muito sortudo e consiga esse feito...)

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Curiosidades de um país louco

Autor desconhecido

* Um motorista do Senado ganha mais para dirigir um automóvel do que um oficial da Marinha para pilotar uma fragata!
* Um ascensorista da Câmara Federal ganha mais para servir os elevadores da casa, do que um oficial da Força Aérea que pilota um Mirage.
* Um diretor que é responsável pela garagem do Senado ganha mais que um oficial-general do Exército que comanda um regimento de blindados.
* Um diretor sem diretoria do Senado, cujo título é só para justificar o salário, ganha o dobro de um professor universitário federal concursado , com mestrado, doutorado e prestígio internacional.
* Um assessor de 3º nível de um deputado, que também tem esse título para justificar seus ganhos, mas que não passa de um "aspone" ou um mero estafeta de correspondências, ganha mais que um cientista-pesquisador da Fundação Instituto Oswaldo Cruz, com muitos anos de formado, que dedica o seu tempo buscando curas e vacinas para salvar vidas

Ê Brasil!

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Mim, Jane.

"Caço para comer e só sobrevivo assim. Caço ou sou caçada. Simples teoria que funciona perfeitamente na prática. Preciso ser mais forte e mais veloz que eles. Para isso, preciso comer. Para comer, preciso correr e ser rápida. Só que ele também é e o meu espaço acabará quando o dele começar. Por que? Porque um dia é da caça e o outro é do caçador. Minhas vantagens competitivas são inúmeras: Tenho dedos polegares, raciocínio lógico e habilidades motoras. Mas não tenho a velocidade nem a ferocidade deles. Isso ainda vai me derrubar. Enquanto isso, sigo na disputa. Tenho sido sempre a mais forte! Não sei até quando..."

Competimos desde a origem da raça humana. Herdamos isso dos nossos ancestrais e apenas os mais fortes sobreviviam. A pergunta que não quer calar é: Isso mudou?

A minha resposta é não! Não mudou e nunca vai mudar!

Vence no mercado de trabalho o mais bem preparado. Vence em uma competição o mais forte. Vence em um concurso o mais inteligente.

Vivemos em uma eterna competição mesmo que indiretamente. Seja com o seu cabelo, com o seu cérebro, com a sua balança, com o seu chefe, com o idioma que está tentando aprender, com aquela recalcada que mora por perto. Temos a competição dentro de nós de forma instintiva e nada mudará isso nos seres humanos. Como bons animais que somos, nunca seremos a caça por vontade própria!

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Quer falar mal do presidente? Pega a senha.


Não sei até que ponto posso dizer que defendo o governo Lula. Assim como TODOS os outros, tem seus altos e baixos. Mas o que quero falar é um pouco mais do que o governo em si até por que não me meto a falar sobre política. Quero falar da pessoa "Lula".

Fico impressionada com alguns comentários que vejo pela mídia. A falta de respeito que alguns jornalistas tem ao se referir a uma pessoa, principalmente sendo ela o Presidente da República. Existem dois colunistas em uma digníssima revista de alto nível (sim, odeio essa revista que todos sabem qual é) que não sabem o significado da palavra RESPEITO. Leio absurdos e mais absurdos, que vão desde linguagem inadequada a acusações sérias. Colunas recheadas de palavras grosseiras e o pior, com insinuações completamente PRECONCEITUOSAS. Leio gracinhas sobre sua origem, sobre sua escolaridade, sobre supostos vícios... coisas que as pessoas não costumam falar sobre pessoas próximas por se tratar de falta de modos.

É triste ver como um meio de comunicação permita que Jornalistas tão graduados se expressem de forma tão grosseira. Mais ainda por tratar-se de pura manipulação em que as pessoas-tão-esclarecidas comentam sem parar que ele usa o carisma para manipular o povo, quando na verdade, manipulados estão sendo eles por essa publicação tão insinuosa.

Fica aqui a minha revolta pelo preconceito existente nesse país, independente de política.

Continuo dizendo que preferia uma monarquia. Queria ver colunistinha de m*** falando mal do rei... Ah, eu queria...

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Dia da Avó!

Não pude postar ontem... então vai hoje!

O que escrever nesse dia tão importante...?

Não sei... não sei se as palavras um dia serão suficientes para descrever a importância que a minha linda avó tem na minha vida. Sem ela eu não teria sempre passado de ano com boas notas, eu não comeria de boca fechada, eu não saberia o que é brincar na rua depois do colégio, eu não saberia que cantar na mesa é feio, que criar animais em casa é a maior alegria que podemos ter.

Sem ela eu não seria consumista, eu não gostaria tanto de sandália rasteira, eu não saberia metade do que eu sei, a minha letra seria horrorosa e eu não teria sido uma boa aluna.

Ela me ensinou essas e muitos outras coisas que nem todo o papel do mundo conseguiria comportar. Ela me ensinou a amar me amando. Tenho a honra de ser a neta mais velha e a impressão de que fui muito mais paparicada que os outros cinco netos (mesmo sabendo que ela os ama da mesma forma).

Minha avó é a minha grande inspiração para sempre lutar pelos meus objetivos, meu exemplo de vida. O amor que sinto é incondicional e não cabe dentro desse texto.

Apenas não posso deixar passar em branco uma data tão bonita quanto essa, sabendo que muitas pessoas por aí gostariam de poder dizer isso as suas avós e não tem mais a oportunidade.

Vó, te amo como amo cada segundo que vivo, pq os vivo com os ensinamentos que você me passou.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

30 dicas para escrever bem!

Texto sensacional escrito por um professor da UNICAMP.

Tem tanto blogueiro que precisa ler isso... aliás, ler não é sufuciente: tem que praticar!

Muito engraçado!


TEXTO DO PROF. JOÃO PEDRO (UNICAMP)

1. Deve evitar ao máx. a utiliz. de abrev., etc.
2. É desnecessário fazer-se empregar de um estilo de escrita demasiadamente rebuscado. Tal prática advém de esmero excessivo que raia o exibicionismo narcisístico.
3. Anule aliterações altamente abusivas.
4. não esqueça as maiúsculas no início das frases.
5. Evite lugares-comuns como o diabo foge da cruz.
6. O uso de parênteses (mesmo quando for relevante) é desnecessário.
7. Estrangeirismos estão out; palavras de origem portuguesa estão in.
8. Evite o emprego de gíria, mesmo que pareça nice, sacou??... então
9. Palavras de baixo calão, porra, podem transformar o seu texto numa merda.
10. Nunca generalize: generalizar é um erro em todas as situações.
11. Evite repetir a mesma palavra pois essa palavra vai ficar uma palavra repetitiva. A repetição da palavra vai fazer com que a palavra repetida desqualifique o texto onde a palavra se encontra repetida.
12. Não abuse das citações. Como costuma dizer um amigo meu: "Quem cita os outros não tem idéias próprias".
13. Frases incompletas podem causar
14. Não seja redundante, não é preciso dizer a mesma coisa de formas diferentes; isto é, basta mencionar cada argumento uma só vez, ou por outras palavras, não repita a mesma idéia várias vezes.
15. Seja mais ou menos específico.
16. Frases com apenas uma palavra? Jamais!
17. A voz passiva deve ser evitada.
18. Utilize a pontuação corretamente o ponto e a vírgula pois a frase poderá ficar sem sentido especialmente será que ninguém mais sabe utilizar o ponto de interrogação
19. Quem precisa de perguntas retóricas?
20. Conforme recomenda a A.G.O.P, nunca use siglas desconhecidas.
21 Exagerar é cem milhões de vezes pior do que a moderação.
22. Evite mesóclises. Repita comigo: "mesóclises: evitá-Ias-ei!"
23. Analogias na escrita são tão úteis quanto chifres numa galinha.
24. Não abuse das exclamações! Nunca!!! O seu texto fica horrível!!!!!
25. Evite frases exageradamente longas pois estas dificultam a compreensão da idéia nelas contida e, por conterem mais que uma idéia central, o que nem sempre torna o seu conteúdo acessível, forçam, desta forma, o pobre leitor a separá-Ia nos seus diversos componentes de forma a torná-Ias compreensíveis, o que não deveria ser, afinal de contas, parte do processo da leitura, hábito que devemos estimular através do uso de frases mais curtas.
26. Cuidado com a hortografia, para não estrupar a língúa portuguêza.
27. Seja incisivo e coerente, ou não.
28. Não fique escrevendo (nem falando) no gerúndio. Você vai estar deixando seu texto pobre e estar causando ambigüidade, com certeza você vai estar deixando o conteúdo esquisito, vai estar ficando com a sensação de que as coisas ainda estão acontecendo. E como você vai estar lendo este texto, tenho certeza que você vai estar prestando atenção e vai estar repassando aos seus amigos, que vão estar entendendo e vão estar pensando em não estar falando desta maneira irritante.
29. Outra barbaridade que tu deves evitar tchê, é usar muitas expressões que acabem por denunciar a região onde tu moras, !... nada de mandar esse trem... vixi... entendeu bichinho?
30. Não permita que seu texto acabe por rimar, porque senão ninguém irá agüentar já que é insuportável o mesmo final escutar, o tempo todo sem parar.

quinta-feira, 16 de julho de 2009

E, do alto da goiabeira...

Pois é. A minha maior e melhor lembrança é de uma goiabeira. Mas são muitas histórias que a cercam.

Essa árvore ficava na casa da minha avó e a maior aventura da minha vida foi um dia subir nela. Sempre fui uma criança levada, mas nunca fui sem noção. Tenho 1,50m desde os meus treze anos de idade, então imaginem o meu tamanha na infância,,, Um belo dia, me ensinaram a subir nela.

"Coloca o pé aqui, empurra com o outro e depois apoio o braço naquele tronco. Daí, dá um impulso e você sobre de vez"

Eu tremia, pode acretidar que tremia. Mas todo mundo subia lá e nem todo mundo sempre estava lá. Mas eu sim, eu passava todos os meus dias lá, com a minha avó. E um belo dia subi e fiquei sempre subindo até que peguei a prática. Ela tinha um tronco (o mais baixo e fácil de todos - e o único em que eu ousava subir), que se moldava perfeitamente para que você sentasse nele. Formato confortável, dava até para se encostar um pouco! E eu sempre subia lá para estudar, para passar a raiva de alguém, para levar um ventinho ou simplesmente para brincar. Sempre.

E assim ela marcou minha vida. Tenho inúmeras lembranças dessa casa da minha avó que tanto amo. A casa e a minha avó estão lá, mas a goiabeira não. Um dia desses percebi que ela não estava mais lá. Tinha somento o começo do tronco dela (aquele em que eu deveria apoiar uma perna e o braço para impulsionar...lembram?). Minha avó me disse que a goiabeira morreu e ela mandou cortar os galhos mortos para eles não caírem...

Como ela ousou morrer sem se despedir das minhas lembranças? O que vale é que elas estarão sempre vivas!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Viver amanhã é muito tarde. Viva hoje!!


Título auto-explicativo? Talvez... quantas e quantas vezes você já leu sobre isso? Inúmeras vezes! E sabe o motivo? Pq amar a vida é fundamental para que amanhã você possa olhar para o passado e pensar: É... vivi você, vida... e VALEU A PENA!!

Para que deixar para plantar seu jardim amanhã? Para que deixar a matrícula da academia para amanhã? Para que deixar de sentar no chão e brincar com o seu cachorro para fazer isso depois? Para que adiar tanto aquela viagem para trabalhar mais? Para que adiar a maternidade, o casamento, as férias... para que deixar tudo para depois????

O futuro sempre vai ser o futuro. Nós vivemos o presente e ele está cada dia mais corrido, mais sufocante, mais atarefado... e isso tudo pq nós insistimos em planejar o futuro... Mas, quando é o futuro??? Amanhã? Não... ele amanhã vai ser apenas o hoje que você não irá viver para esperar o próximo amanhã!

Quem aqui já foi para um barzinho na esquina de casa com uma amiga só para conversar, chorar as mágoas e de lá surgiu a noite mais divertida da sua vida? Quem não produziu histórias para contar aos netos em ocasiões pouco prováveis? Quem nunca ficou por horas e horas olhando o mar e pensando na imensidão do mundo? Ou quem aqui não se admira com a beleza do sol pela manhã?

Eu sou capaz de falar do sol por horas e horas... porque ele embeleza os meus dias! Ele faz minhas manhãs mais brilhosas, minhas tardes mais quentes... faz meu dia mais feliz!

Ser feliz e cultivar a felicidade é algo lindo e que deve ser preservado com toda a intensidade que o sentimento reserva!

Eu amo o dia, o mar, o sol, meus amigos, meu namorado...


E, principalmente, eu vivo histórias para contar para os meus netos... E você? Pense nisso...


**Pauta para o Blorkutando!
-------------------------------------------------------------------------

Destaque do Blorkutando do mês de junho! Primeiro mês que participo! Obrigada a todo mundo! Meu blog só me faz feliz!

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Sobre a falta de criatividade


Sabe o que é plágio para mim e para a lei? ROUBO. E sabe o que é um roubo? CRIME. Só tenho isso a dizer. Fui copiada pela segunda vez. Na primeira, foi indiretamente e essa pessoa ainda levou glórias com a minha idéia (sim, isso aconteceu no blorkutando, mas deixei para lá - é até uma mocinha bem famosinha por lá viu? Mas, como não era uma cópia 100%, deixei quieto). Mas agora não dá. Mesmo. Uma mocinha apagadinha, dona de um blog igualmente apagadinho copiou um post meu. Com direito a mesma foto utilizada e tudo mais! E como eu descobri? A mocinha apagadinha é minha seguidora! Vejam só isso!

Quando se gosta do post de alguém e se quer copiar no seu, dê os créditos para o autor! É tão simples! É tão baixo copiar o texto de outra pessoa e assumir a autoria... E conclui que ela realmente agiu de má fé ao perceber que ela excluiu a função "comentários" do blog apenas pq eu colei a definição de plágio lá...

Se não sabe o que escrever ou não tem capacidade para escrever uma única frase, não se metam a ter blogs! É um raciocínio bem simples, não é?

Post-desabafo-mal-educado.

E tenho dito.

UPDATE: Já que vocês pedem... haha segue link do "post". Detalhe: Ela copiou o pior post que tenho... será que é pq os outros eram grandes demais para ela entender?

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Julho? Férias?

Todos estão de férias. TODOS. Menos eu, a escrava branca que vos escreve. Não aguento o povo no twitter contando planos de férias, comemorando as tão sonhadas férias, felizes por poderem viajar ou simplesmente não fazer nada o dia todo.

E eu trabalhando. E, novidades, começando o segundo semestre que na construção civil é O PERíODO, isto é, ninguém tira férias, ninguém pense em adoecer, ninguém pense em chegar 10 min atrasado nem muito menos pense em ter um fim de semana sossegado. É quase pecado querer isso. Muitas obras, muitos prazos apertadíssimos (a obra praticamente já começa atrasada), muito fornecedor furão, muitaaaa chuva desmanchando tudo o que a gente faz, muita cobrança, muito stress, muito choro no banheiro e espero que dessa vez, sem pedido de demissão. É, se vasculharem meus arquivos aqui do blog irão descobrir que há exatamente um ano eu pedi demissão de lá. Só voltei em outubro depois de uma ofertinha tentadora para quem estava lisa.

Enfim, julho, aí vou eu... trabalhar como nunca!

Me matem de inveja... eu tenho inveja das férias alheias...




terça-feira, 30 de junho de 2009

Como assim?

O que está acontecendo com o mundo??
  • Gripe Suína
  • Coréia do Norte mandando e desmandando
  • Avião caindo no Atlântico
  • Morte de Michael Jackson
  • Avião caindo no Indico
Aguardem as cenas dos próximos capítulos... E salve-se quem puder!


domingo, 28 de junho de 2009

Bebe negão!

  • Você já bebeu ao ponto de não lembrar de absolutamente nada no dia seguinte?
  • Você já bebeu ao ponto de acordar vomitando e parecendo que levou uma marretada na cabeça?
  • Você já bebeu ao ponto de ficar pedindo músicas para o cantor do bar através de guardanapos e com a caneta do garçom?
  • Você já bebeu ao ponto de cantar na boca da garrafa da cerveja a música pedida quando o gentil cantor te atendeu?
  • E os bracinhos levantados ao estilo "platéia do Faustão"?
  • Já fez xixi no banheiro masculino pq a fila do feminino dava voltas no bar?
  • Já se embebedou com tequila com direito ao " arriba, abajo, al centro e adentro"?
  • E o vinho Carreteiro? Já se sentiu um urso Gummy?
  • Já bebeu caipirosca falsificada? Uma maldita mistura de ki suco de limão e vodka Natasha. Ofereçam aos seus inimigos, é fatal!
  • Já precisou ter forças para algo sério no dia da ressaca?
  • Já arrancou confissões de bebados?
  • Já confessou bebada?
  • Seu celular vira um inimigo nesses momentos?
BEBA COM MODERAÇÃO!

Post altamente confessional.

sexta-feira, 26 de junho de 2009

E ele se foi...



Ele morreu. Morreu mesmo. Aquele tipo de estrela que não passa na cabeça de ninguém que ele pode morrer. Peguei apenas o "fim" da carreira... mas conheço seu talento e sua importância para o atual cenário musical. Um artista forte, influente e, sem sombra de dúvidas, muito polêmico.

Uma Infância também polêmica: Um talento precoce, uma infância roubada, pressões do pai para o sucesso... e assim surgiu o astro que conhecemos! Uma vida regada de obsessões de todos os tipos: excesso de dinheiro, excesso de luxo, excesso de vaidade, um rancho com proporções gigantescas, grandes escândalos... Todo tipo de coisa que a imensa fama pode causar. Processos, mudança na cor da pele, pedofilia e todo o seu dinheiro gasto em advogados e centros estéticos. Atualmente, esse era o Michael que víamos.

Críticas e mias críticas à pessoa Michael Jackson... Prefiro lembrar do artísta Michael Jackson!

E um novo-velho Michael estava com os dias contados para voltar aos palcos. Todo o mundo aguardava ansiosamente os shows marcados para sua volta. Aquele Michael enérgico poderia ser que não aparecesse mais, a idade chega para todos, mesmo para aqueles que tentam enganá-la com todas as cartas nas mangas. Mas ele voltaria aos palcos, ouviríamos as suas canções, relembraríamos os sucessos e muita gente, depois de anos de espera, poderia novamente vê-lo nos palcos por aí.

E eles nos deixou com essa espera... uma saída digna de astro que sai do palco deixando a platéia sempre achando que ele voltará e cantará mais um bis.

domingo, 21 de junho de 2009

Destinatário: Marte

Caro vermelhinho... Querido Marte!!

Como estão as coisas por aí? Fiquei sabendo que descobriram um dos seus grandes segredos! Descobriram que você já teve lagos em sua superfície!! Quem diria que um dia nós iríamos descobrir isso hein? Logo você que tentou tanto esconder isso para que meu povo tão destruidor não se interessasse por você...

Mas o que acontece por aqui está me entristecendo demais! A ganância e o crescimento descontrolado da humanidade está comprometendo minha estrutura de uma forma devastadora. Minhas águas já não são mais tão limpas. Eles despejam todo tipo de resíduo químico nos meus leitos... a água doce está tão comprometida! A minha sorte é que tenho ainda algumas nascentes não descobertas... também tenho segredos, viu? Você não é o único, meu querido irmão!

A minha água salgada também tende a ir pelo mesmo caminho. Alguns países não se preocupam com a quantidade de lixo que produzem e se acham muito espertos ao criarem ilhas e mandarem todo o seu lixo para lá! Será que eles ainda não perceberam que quando conseguirem sujar toda a água doce, seu único meio de vida será a água salgada?? Eles estudam meios engenhosos para que no futuro possam tirar todo o sal contido nelas para poder consumir. Sabe, meus filhos são muito espertos, mas por vezes são tolos... estragam as duas ao mesmo tempo... é tão preocupante!!!

E o ar, Marte???? Você não imagina!!! Existem países em que nem se vê mais nosso querido céu... você consegue imaginar isso? Lembra quando escrevi para você contando que eles inventaram o automóvel? Lembra do meu orgulho diante da inteligêcia dos meus pupilos? Pois é... eles estão me deixando sem oxigênio limpo. Os automóveis andam despejando no ar uma quantidade enorme de dióxido de carbono. Você conhece esse veneno não é? Sabe o quanto ele é devastador para mim.

Meus queridos filhos também estão devastando as minhas florestas! Logo elas que você tanto elogiava e sonhava em ter em sua superfície... A cada dia que passa tenho menos florestas e mais concreto na superfície! Com o ar comprometido e sem florestas, não consigo imaginar como será meu futuro e que destino terão minhas pequenas crianças que ainda não sabem o que fazem!

Sabe Marte, as vezes penso que eu deveria ter escutado mais a nossa mãe galáxia... ela sempre me disse que eu não fosse tão generosa com eles, que tinha que ter imposto mais limites, gelado mais aqui, esquentado mais ali, para que eles não criassem tantos poderes assim. Mas agora é tarde demais! Minha cabeça que era fria, anda derretendo cada vez mais. As geleiras estão realmente se quebrando e me preocupo com o volume das águas. Já tive tempos de mais calmaria nos meus pensamentos!! Ah, se tive!!!

Enfim querido irmão! Não te escrevo com a intenção de te preocupar. Te escrevo com a intenção de te ajudar e aconselhar! Cuidado com meus filhos... eles andam te visitando e te pesquisando por que perceberam o quanto sua mãe está ficando desgastada... estão na fase de querer sair da sua velha casa e explorar algo novo! A novidade é você, Marte!

Trate meus filhos com carinho, mas não os deixe tão potentes como eu os deixei. Palavras de uma mãe envelhecida e desgastada que está prevendo a saída dos filhos de casa.

Com todo amor de sua eterna irmã,

TERRA




quarta-feira, 17 de junho de 2009

"Quer ser falada por aí?"

Até que ponto devemos nos preocupar com a reputação?

Uma boa imagem é algo extremamente importante no assunto profissional. Um funcionário bem sucedido vem acompanhado de excelente reputação e, tendo essa aliada ao seu favor, não tem concorrente que o derrube. Muitos profissionais no mercado não precisam, ao menos, distribuir currículos. São convidados a fazer parte de equipes pelo simples fato de terem construido uma boa imagem sobre seu trabalho.

A reputação passa a ser uma grande inimiga a partir do momento em que a pessoa vive em função disso. Existem pessoas que não fazem absolutamente nada da vida, pelo simples fato de viver de aparência. Posso citar um fato bem real que estampa nossa mídia quase diáriamente: Paris Hilton. Seu nome sempre vem aliado a termos como: "A patricinha", "a socialite"...e mesmo tentando muito, ela tem uma péssima reputação... Particularmente odeio ese tipo de gente. Celebridades instantâneas também agem dessa forma. Todo santo ex BBB tem uma saga de profissionais ensaiando cada passo que será dado. Desde uma simples corrida no calçadão a um encontro com um rapaz "misterioso". Tudo milimétricamente planejado e agendado com toda espécie de paparazzos que vivem desse tipo de "acontecimento".

A reputação é importante para as pessoas que tem noção do que é viver em sociedade e precisam de uma imagem descente para viver de seu trabalho. Passou desse patamar, torna-se desnecessário se preocupar tanto com a opnião alheia, ao ponto em que viver bem passa a ser uma segunda opção.

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Beba...

“Pra curar sua amargura, beba pinga sem mistura;”

“Contra dor de cotovelo, beba cachaça com gelo;

“Contra falta de carinho: cachaça, cerveja e vinho!

“Se brigar com a namorada, beba pinga misturada;”

“Se brigar com a mulher, beba pinga na colher;

“Quem dá amor e não recebe, mistura todas e bebe;

“E se alguém te faz sofrer, beba para esquecer!!!”

“Pra esquecer um falso amor, beba pinga com licor;

“Pra acalmar seu coração, beba até cair no chão;

“E se a vida não tem graça, encha a cara de cachaça!!!”

“Se essa vida de cão só te faz sofrer… O remédio é beber”

Autor desconhecido

Filosofia pura.
Tenho recebido uns selinhos... não tenho postado nenhum pq sempre posto no trabalho e fica meio complicado arrumar tudo direitinho. Lá vai (e que ninguém me veja postando):


Expectativas Frustradas - Iris Gimaiel
Gabriela Rohde - blablablá&cia
Ganhei um do Glamour dela tbm!

Obrigada Meninas!


sexta-feira, 12 de junho de 2009

Enamorados...

Na verdade, nunca dei importância a essa data e só me dei conta disso quando comecei a namorar. Quando não tinha namorado, não ficava me remoendo por passar o dia dos namorados sozinha e só me lembrava dele por causa da mídia mesmo. Há alguns anos tenho passado essa data acompanhada e me sinto feliz. Mas não morro de amores por ela. Trocamos presentes, ficamos juntos, mas nem eu nem ele nos importamos muito. Existem datas mais importantes para nós dois do que essa.

Mas, se ele está ai, vamos aproveitá-lo como desculpa para nossos romantismos (quem me conhece sabe que eu sou uma ogra no assunto romantismo. Não, eu não sou romantica). Pode parecer grosseiria da minha parte, mas não sei sentir ele dentro de mim. Nunca soube. Acho meio pegajoso, meio babão e definitivamente, não sou assim.

Amo meu namorado, assim como amo cada momento que passamos juntos. Amo os cartões que ele me escreve, os presentes que me dá, as ligações inesperadas e até as piadas sem graça. Amo gratuitamente e sou amada assim também. Mas não tem escrito em canto nenhum que o amor tem que vir seguido de romantismo.

Talvez por isso eu não goste muito do dia. Por ele ser altamente romantico! A maior prova disso é que o meu presente do dia dos namorados (escolhido por MIM!!) foi o ingresso da partida Brasil x Paraguai de quarta-feira! Quer programa mais "romantico" do que esse?

E posso dizer? FOI O MELHOR PRESENTE QUE JÁ GANHEI! Minha primeira ida ao estádio, com vitória do Brasil de virada... EMOCIONANTE! Como eu estava feliz! Como estávamos felizes! Os dois! Gritamos, sofremos, xingamos, comemoramos (dois gols!!), levamos muita chuva, morremos de frio, quase não encontramos um táxi para voltar para casa e a água mineral custava apenas R$ 5,00. Romantismo a flor da pele!!!

AMEI! Assim como amo tudo o que vivo ao seu lado. Obrigada por me proporcionar momentos assim. Te amo!!!

Aproveitem a passagem e visitem o blog que eu e mais dois seres igualmente perdidos tentamos manter! Piratas Bebem Rum!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

A grande polêmica do blog da Petrobrás

A Petrobrás criou um blog para que possa se posicionar melhor perante o público em relação a CPI. Até aí, tudo certo. Mais eis que eles tem causado muita revolta por estarem publicando perguntas (com as devidas respostas) de jornalistas, antes mesmo que o jornal publique a matéria, tirando assim a "exclusividade" da reportagem.

O grande dilema é: Até onde a Petrobrás está correta ao fazer isso? Vejam a seguir o posicionamento dos envolvidos:

Fonte: Globo.com

Petrobrás: "...A nossa visão é que isso significaria uma privatização da informação, na relação entre a Petrobras e esse veículo. Na realidade, nós estaríamos dando a esse veículo o poder e a decisão de divulgar ou não divulgar, quando achamos que na medida em que entregamos ao veículo estamos tornando pública e transparente a nossa informação” afirma o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli.

Folha de São Paulo: Informou que não considera adequado que questionamentos jornalísticos endereçados à Petrobras sejam tornados públicos pelo blog antes que as respostas possam ser avaliadas e utilizadas pelos veículos que enviaram as interpelações.

O Globo: as perguntas encaminhadas por escrito são de propriedade do jornalista e do veículo. E que, por esse motivo, a iniciativa da Petrobras desrespeita profissionais e atenta contra a liberdade de imprensa, ao violar o direito da sociedade de ser informada, sem limitações.

ABI (Associação Brasileira de Imprensa): “Não entendo isso como vazamento de informações. A Petrobras é uma empresa importante demais para o país, e tudo que diz respeito ao seu funcionamento, ao seu desempenho, tem que ser objeto de informação ao conjunto da sociedade”, afirma o presidente da Associação, Maurício Azêdo.

ANJ (Associação Nacional dos Jornais): “É uma falta de ética total porque você está fazendo com que todos os demais concorrentes da imprensa tomem antecipadamente conhecimento de uma determinada reportagem de um determinado órgão de imprensa”, diz o presidente da ANJ, Júlio césar Mesquita.

É uma belo tema para ser debatido entre o meio jornalístico. Eu, como administradora que sou, não conheço de fato as leis que regem todo o sistema jornalístico. Entendo a atitude da Petrobrás em publicar a VERDADE, sem nenhuma das voltas e manipulações que a imprensa faz. Por outro lado, entendo os jornais sérios, que pretendem publicar a verdade aos seus leitores e perdem uma exclusividade.

Quem tem razão?

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Um passo dado! Circos sem animais...


Recebi o seguinte E-mail do PEA (Projeto Esperança Animal):

"Na manhã da última quarta-feira, dia 03 de junho, a Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados aprovou por unanimidade o Substitutivo do Projeto de Lei 7.291/2006, que Proíbe a Exploração de Animais em Circos em Todo o Brasil.

Com isso, mais um importante passo foi dado em busca de uma sociedade melhor. Ainda faltam algumas etapas até que a Lei seja sancionada, mas, ficaremos atentos ao andar dessa carruagem e divulgaremos todas as novidades!

A PEA agradece aos Deputados que votaram a favor da vida, a todos que enviaram e-mails aos Srs. Parlamentares e, principalmente, a todos que lideraram essa batalha e estiveram em Brasília representando a vontade daqueles que nunca puderam se defender.

Para quem participou dessa luta e ao menos enviou um e-mail, o nosso muito obrigado em nome de diversos animais. Saiba que você fez a diferença!"


Fiquei bem feliz com a aprovação, mais ainda por ter sido unânime. Fizemos uma corrente (a pedido do PEA) e enviamos E-mails para uma extensa lista de pessoas, entre ele o relator ANTONIO CARLOS BIFFI (PT-MS), todos os titulares e suplentes.


Em um momento em que temos muita vergonha da política e de toda a politicagem que ronda, algo de bom foi feito!!! Vamos aguardar novas notícias sobre o caso.



** P.s.: Meu layout deu um pau e saiu do ar... layout provisório!


quinta-feira, 4 de junho de 2009

Internet: Aprecie com sabedoria!

Vamos falar sobre as mil e uma facetas da nossa e boa( e por que não) velha internet?

Ela nada mais é do que uma faca de dois gumes...

O que seria de nós sem a Google e todos os seus aplicativos? O que seria da turma da faculdade que se formou se não fosse o msn? A internet é a grande responsável pela imensa velocidade com que as notícias correm o mundo. Sou uma grande e compulsiva usuária.

Mas, e a outra face da criatura? Seria a internet uma grande vilã disfarçada a espera de uma excelente oportunidade para mostrar suas grandes garras mortais? Em diversas situações, sim! Graças a essa querida, problemas como a pedofília, o sedentarismo ou até a psicopatia de alastram pelo mundo.

As redes pedófilas ganharam poder a nível mundial. Quadrilhas internacionais atuam explorando e abusando de crianças em todos os cantos do planeta e com apenas um click, divulgam todo tipo de conteúdo para maníacos de todo o mundo. Tudo ficou fácil demais para eles que vivem comentendo esse tipo de crime perverso e que ganharam a discrição de que precisavam.

O sendentarismo só tem piorado também. E aqui, volto a falar das crianças. Vemos meninos e meninas lotando lan houses por aí, completamente viciados em jogos que, em muitas situações, incentivam a violência. As crianças não brincam mais! Elas atiram umas nas outras através de jogos de redes.

E eu não poderia deixar de falar neles: Os psicopatas. A maior moda entre os psicopatas americanos é gravar um vídeo avisando que vai matar um monte de gente e sair atirando em escolas e universidades!

Tem para todos os gostos. Eu posso também falar sobre as falsas identidades, os roubos de dados pessoais e as fraudes existentes. Esses são crimes mais comuns, porém, nem por isso deixam de ser C-R-I-M-E-S! A facilidade de se criar, inventar, enganar e manipular pela internet tem dividido as opniões a respeito da grande rede...

Pode-se tê-la como aliada, desde que utilizada com responsabilidade.

Aos pais, cuidado. Vocês não sabem o que fazem com seus filhos do outro lado da tela.





Campanha de combate a exploração e abuso sexual contra crianças e adolescentes 2009:

"Esquecer é permitir. Lembrar é combater" FAÇA BONITO!



segunda-feira, 1 de junho de 2009

Sobre QUATRO coisas...

Assunto 01: Meu post anterior foi inspirado em uma semana inteira de E-mails recebidos de uma amiga me chamando para o jogo do Náutico x Fluminense de ontem.

Fui.

Nunca tinha ido a um jogo de futebol na vida.

E continuo assim.

Não tinha ingresso.

Estádio LOTADÍSSIMO!

Mas devo confessar que o barulho da torcida do lado de fora do estádio é inexplicável! Fiquei muito frustrada por não ter entrado. Queria ter sentido a tal sensação que muitas pessoas descreveram nos comentários que me deixaram. Quando eu conseguir criar coragem suficiente de novo, eu descrevo a aventura aqui.

Pronto. Confessei.

Assunto 02: Nesse momento eu queria apenas que a mídia respeitasse a dor dos familiares do vôo 447. Que respeitasse o espaço deles e o momento de pura angústia que todos eles estão vivendo. Lidar com uma perda é muito difícil e mais difícil ainda sem nem ao menos saber onde estão todas aquelas pessoas. (Tenho uns comentários a fazer a respeito da atenção que estão dando... e da pouca atenção que o Nordeste tem recebido com duas catásrofes seguidas no Piauí, mas... deixa para depois).

Assunto 03: Blog de cara nova! Uia! Gostaram?

Assunto 04: RECIFE - CIDADE-SEDE NA COPA DE 2014! Tem felicidade como essa???????? Parabéns conterrâneos! Parabéns a todas as outras capitais escolhidas! Espero que o Brasil não envergonhe muito!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Não gosto de futebol


Futebol? Não, obrigada. Não tenho saco de assistir 90 minutos de partida para ver o jogo acabar em 0 x 0. Tem coisa mais frustrante?

Sempre que me perguntam "Qual o time que você torce?" e ouvem a resposta "Nenhum" é uma confusão. Onde tem escrito que todo brasileiro é obrigado a gostar de futebol, samba e cerveja (a cerveja sim, adooooro)? Nunca gostei de futebol. Não torço para time nenhum e não condeno ninguém que goste. É uma paixão nacional e não tenho culpa por fazer parte da raríssima parte da população brasileira que não tem o futebol como fator determinante na vida. Assisto apenas a copa do mundo e assito com vontade. Gosto mesmo! Torço, brigo com juíz e todas essas coisas que fazem parte do universo. Mas só gosto porque é tudo muito mais organizado.

Tenho completo pavor de torcidas organizadas, não gosto da forma como gritam aqueles hinos (ou seja lá que nome que aquilo tem), não admito que bandidos se camuflem em torcidas para tulmutuar antes, durante e depois das partidas. Muita violência que sempre me assustou e sempre me afastou de estádios, fazendo com que eu não goste nem se quer de assistir pela televisão.

Sim, estou generalizando. Sei que muitas famílias vão aos estádios, sei que muita gente sempre vai e nunca sofreu nenhum tipo de problema. Sei de tudo isso. Mas não significa que eu queira me arriscar. Não significa que eu goste.

Acho o basquete e o voley simplesmente fascinantes! Se briga pela partida até o último minuto. Não tem nada mais bonito do que ver uma partida de basquete sendo definida nos últimos segundos do jogo. Vitória bonita, conquistada. Tenho completo horror desse formato em que em determinados jogos, fulano tem que ganhar de 3 x 0 para que conquiste algo. Entendo o raciocínio, sei que existem jogos de ida e volta... mas perde a competitividade. Perde o amor pelo jogo. Esse tipo de raciocínio me afasta da F1 também. Mesmo sendo a forma correta de levar um campeonato. Estou falando em assitir ao jogo.


Não gosto, nunca gostei e nem sei se um dia eu vou gostar. Nunca se sabe o dia de amanhã.

Podem me apedrejar...

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Vamos sacanear o amigo?

O tema do blorkutando dessa semana é ótimo! Falar sobre amizade! Não vou declarar amor nenhum aqui! A minha sinceridade será reinante! Juro!

Eu tenho um amigo que merece um post. Mas ele merece um post daqueles de dez parágrafos, para matar qualquer professor de redação do coração (Escuto até ele dizendo: O seu desenvolvimento deve ter em torno de três parágrafos!!!).

Ele é um completo mala. Já jurei não olhar mais na cara dele umas mil vezes. Já briguei com ele outras milhares e já odiei ele com todas as minha forças inúmeras outras vezes. A partir do momento em que duas pessoas sabem exatamente o que se passa na cabeça um do outro, pode ter certeza, é confusão na certa! Embola o meio de campo e para desfazer, vai ser muita água!

Ele é fuleiro, do tipo que marca, agita... e não vai. Ele não sabe guardar segredo. Espalhar fofoca é com ele mesmo. Inventa um boato como quem pisca os olhos. Não vale o chão que pisa e consegue me irritar profundamente sempre que me lembra como sou orgulhosa. E adora passar isso na minha cara. Se diverte mesmo. Isso por que não citei ainda que nosso gosto não é igual em absolutamente N-A-D-A! Acreditam?

Pra que diabos ele é meu melhor amigo? Essa é uma pergunta que nunca vou saber responder. Mas foi com ele que passei por todas as fases da minha vida. Nos conhecemos no colégio ainda no primário. Acho que com uns 10 anos!! Nos aproximamos de vez aos 14 ou 15 anos e de lá pra cá, temos passado por todo tipo de situação.

As melhores sempre envolvem a boa e velha bebedeira! Convenci ele a tomar um porre em uma festa de amigos e, de lá pra cá, nossa passatempo preferido tem sido esse. Não tenho coragem de contar todos os porres que já tomamos muito menos as situações em que envolveram eles, mas existe uma que marcou época.

Era Halloween. Eu com minha fantasia pronta e ele liga com a seguinte conversa:

Ele: Não tenho fantasia. Compra uma cueca daquelas de elefante em alguma sexy shop para eu ir?
Eu: Posso comprar um quepe de marinheiro tbm?
Ele: Hahaha. Pode.

Acabou que eu fui com meu namorado (eu não queria ir sozinha pra lá haha) e reservei uma cueca de elefante branco para ele ir buscar. Aí o vendedor pergunta:

Vendedor: Como é a pessoa que vem buscar?
Eu: É um moreno, grandão... (senti que dei a deixa para a imaginação dele, tarde demais...)
Vendedor: Aaaaa, tá certo (como cara de: ESSES-DOIS-VÃO-SE-DIVERTIR-COM-UM-NEGÃO)

Sái de lá mortinha.

Enfim, a festa foi Hilária! O Idiota não foi buscar a cueca lá e comprou uma cueca de cobra em outro canto. Todo mundo passou a noite mergulhando a cobra em copos de vodka, cerveja, vinho... acho que essa cueca dele deve feder até hoje!!!

No fim da festa a cobra estava caolha.

A foto está ruim, mas dá pra ver! ( Isso é o cabo da minha vassoura de bruxa, tá? Ele devia tá tentando voar)


segunda-feira, 18 de maio de 2009

Salário x Qualidade de vida


Essa tem sido uma pergunta bastante comum na minha vida de uns tempos para cá. Até que ponto se deve abrir mão de uma vida tranquila para ter um gratificação monetária no fim do mês? Vejo pessoas se matando de trabalhar para poder sustentar uma família, muitas vezes com ofícios penosos, deixando de acompanhar o crescimento dos filhos e de viver tudo que a vida nos proporciona por falta de tempo.

Muitas e muitas vezes fico admirando da janela do ônibus os dias lindos que fazem aqui. Por que as manhãs são tão belas? Por que não posso aproveitá-la? Muitas vezes me dá uma tristeza imensa ver a luz do sol duas vezes por semana. Nos dias úteis, passamos em torno de 10 horas presos em um escritório (contem aí hora de almoço).

Pra quê? Pra que trabalhar, pagar as contas, continuar trabalhando e continuar pagando contas eternamente? E quando a gente vai curtir a vida? Na terceira idade? Quando já não mais teremos a vitalidade dos vinte e poucos anos?

É aquela velha história: Quando se é jovem, se tem tempo e disposição, mas nos falta dinheiro. Quando amadurecemos, temos disposição e dinheiro, mas o tempo sumiu. Na terceira idade, temos tempo e dinheiro!!! Mas, e a vitalidade da juventude? Se foi com os nossos anos de trabalho árduo! Admiro muito os velhinhos extremamente ativos que tenho visto nos últimos anos!! Espero ser assim quando crescer... Aí terei: Tempo, dinheiro e disposição para viver tudo o que puder!

Preciso me apaixonar por uma profissão. Urgente!

Encerro esse post pirata por aqui pois estou no trabalho.
Beijinho, beijinho, xau, xau!

sexta-feira, 15 de maio de 2009

E não esqueça: O bafômetro é para SOPRAR! Entendeu?

video


Bebam com moderação! Caso não, filmem e me mandem por E-mail! Sempre rende boas risadas!

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Pra que escrever tanto???

No fundo, no fundo, todo blogueiro já se perguntou alguma vez na vida para que ele escreve em um blog. Eu já me perguntei isso e a resposta veio feio feito jato: Por necessidade! Seja ela por estarmos tristes, felizes, comediantes, irritados, críticos, ácidos, emocionados ou qualquer outro sentimento que nos faça sentir uma vontade imensa de escrever.

Escrevo por gostar muito de fazer isso desde que aprendi a fazer redações na 5ª série, aos 11 anos. Até então, nada tinha muita seriedade. Mas, não sei por qual motivo, sempre fui apaixonada por redação. Era a matéria mais odiada por mais da metade da sala e eu, a louca, sempre gostei muito. E não faço idéia do motivo.

Chegada a época do vestibular, e sem ter a mínima idéia do que fazer, fiquei em um dilema existencial...(altamente dramática essa nomeclatura, mas realmente foi difícil): Turismo ou jornalismo?

Acabei colocando os pós e os contras juntos e descobri que a diferença entre os dois era apenas uma materia na segunda fase: Seria literatura para jornalismo ou geografia para turismo. Me lembrei do quanto amo viajar, do quanto sempre quis ser poliglota e de como eu sempre gostei de geografia.

Foi turismo a escolha! O histórico de notas no vestibular era bem mediano e eu estava bem confiante! Só que... todo mundo pensou igual a mim e naquele ano, a nota e a concorrência pipocaram aos céus! Com a minha nota eu teria passado tranquila em todos os anos anteriores... menos naquele! :(

Enfim, hoje sou administradora. Existe ser mais conflitante do que eu??? Consegui explicar o motivo de ter um blog???

quinta-feira, 7 de maio de 2009

E "X" o que é que é? É XUXA!

Quem nunca foi fã dela? Podem falar o que for... ela pode ter o passado que for... Quando éramos crianças, não pensávamos nisso...

Eu tinha todos os discos... eu ficava eufórica só em ver essa nave descendo, com toda aquela fumaça ao redor e já ficava louca de felicidade!!!!



E os discos de vinil? Eu tinha t-o-d-o-s!!! Cantava todos pela casa e, ao contrário de 99% das outras meninas, nunca quis ser paquita! Eu queria ser a própria Xuxa!
Lembram do disco do Karaokê ou do Xegundo Xou da Xuxa?


Tinha o disco três: Esse teve o grande sucesso ilariê!!!!!

ô ô ô !!!



O número quatro tinha tindolelê!!!!

Nheco nheco xique xique balancê!


O cinco tinha a linda " Lua de Cristal"... essa não tem santo que não conheça!


O seis tinha a dança do côco... não sei porque ela não era muito famosa... eu AMAVA!

" Côco, a dança que balança côco... a dança da alegria côco... eu quero ver você dançar!!!"



Desse em diante, a medernidade inundou nossas vidas e a minha já era uma fita K7!!! Chique hein?

Esse eu também tinha, mas já não lembro muito pq já estava mais velhinha...


Mas...

"só quero boa notícia... me contem boas notíciasssss"


Ai ai... como erámos felizes com ela!!

terça-feira, 28 de abril de 2009

Oi?

Oi?
Meu trabalho está me matando!
Tchau!






Sabe quando você lê as palavras certas nas horas certas? Aconteceu isso nesse momento:

"viva a sua maneira, não perca a estribeira, saiba do seu valor.
E amanheça brilhando mais forte..."

Mariana - Na corda bamba

sábado, 18 de abril de 2009

Romantismo, fotos e Reclamação!

Te amo
Te amo
Te amo
Mas você não me dá bola...
Eu vou me afundar
Num copinho de Coca Cola


(Esse é o toque do meu celular! Não sei quem é o dono)


Viram como eu estou romântica hoje?

Novidade: De tanto a mídia falar sem para no Twitter, me lembrei que tinha um... e não é que estou me empolgando com ele (ok, estou ficando meio viciada.. de leve). Praticamente não sei fazer nada nele ainda... masss, aceito ajuda!

Me achem por lá! clica aqui: Twitter!


Mudando de assunto...
Depois de quase meia hora de tentativas, ai vão algumas fotos (agradeçam a queridíssima Cabo mais, pela péssima qualidade de serviço, atendimento e respeito ao usuário, que dobrou a minha fatura e, ao mesmo tempo, diminuiu horrorosamente a qualidade da internet fazendo com que toda e qualquer navegação torne-se um martírio! Além de derrubarem a minha ligação TODAS as vezes que tento ligar para lá para reclamar. Palmas à Cabo Mais, palmas!)




segunda-feira, 13 de abril de 2009

Antes tarde... Post Páscoa!

- Papai, o que é Páscoa?
- Ora, Páscoa é... Bem...é uma festa religiosa!
- Igual ao Natal?
-É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressurreição.
- Ressurreição?
-É, ressurreição.
-Martaaaaa , vem cá !
- Sim?
- Explica para esse garoto o que é ressurreição para eu poder ler o meu Jornal.
- Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido.
- Foi o que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele Ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu ?
- Mais ou menos...
-Mamãe, Jesus era um coelho?
- O que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho!
- Jesus Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado!
-Jorgeeeeeee esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa pelo menos aos domingos.
Até parece que não lhe demos uma educação cristã!... Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola?
- Deus que me perdoe! Amanhã mesmo vou matricular esse moleque no catecismo!
- Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?
-É filho, Jesus e Deus são a mesma coisa. Você vai estudar isso no Catecismo. É a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.
- O Espírito Santo também é Deus?
-É sim.

- E Minas Gerais?
- Sacrilégio!!!
-É por isso que a ilha de Trindade fica perto do Espírito Santo?
- Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe entende direito.
- Mas se você perguntar no catecismo a professora explica tudinho!
- Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa?
- Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel, só que ao invés de presente ele traz ovinhos.
- Coelho bota ovo?
- Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!
- Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?
- Era... Era melhor, Sim... Ou então urubu.
- Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né?
- Que dia ele morreu?
- Isso eu sei: na Sexta-feira Santa.
- Que dia e que mês?
- (???) Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu na Sexta-feira Santa e ressuscitou três dias depois, no Sábado de Aleluia.
- Um dia depois!
- Não, três dias depois.
- Então morreu na Quarta-feira.
- Não, morreu na Sexta-feira Santa... Ou terá sido na Quarta-feira de cinzas?
- Ah, garoto, vê se não me confunde ! Morreu na Sexta mesmo e ressuscitou no sábado, três dias depois!
- Como? Pergunte à sua professora de catecismo
- Papai, porque amarraram um Monte de bonecos de pano lá na rua?
-É que hoje é Sábado de Aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do Judas.
Judas foi o apóstolo que traiu Jesus.
- O Judas traiu Jesus no Sábado?
- Claro que não! Se Jesus morreu na Sexta!!!
- Então por que eles não malham o Judas no dia certo?
- Uiiii...
- Papai, qual era o sobrenome de Jesus?
- Cristo. Jesus Cristo.
- Só?
- Que eu saiba Sim, por quê?
- Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo Coelho.
- Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?
- Ai, coitada!
- Coitada de quem?
- Da sua professora de catecismo!

Autor desconhecido (recebi por E-mail)



Não sei vocês, mas eu passei o meu feriadão todo acampando ao lado de uma cachoeira tendo que tomar muito banho de rio (de águas lindas e limpas), jogando uno, tomando tequila e cerveja (é a gente misturou, mas nem deu ressaca) e fazendo um difícil porém gratificante rapel na linda cachoeira Véu da Noiva em Bonito (aqui de Pernambuco, sim, nós também temos)!
Quando eu tiver pego as fotos, coloco umas por aqui.
VISITEM PERNAMBUCO! Conheçam Bonito! Lugar Mágico!