segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Que calor é esse? Não dá pra aguentar. Nesse exato momento estamos com 27º (são onze horas da noite e está chovendo lá fora) e a previsão do tempo para a semana que vem é de 34º.... isso mesmo, 34º. É muito calor, não tem quem aguente. Dormir é um inferno. Sem contar que estou gripada e isto me faz não aguentar qualquer tipo de ventilação em mim durante a noite. Parabéns Marina! Você está condenada a ficar sem dormir até sua gripe passar ou o tempo resolver ser mais bondoso (a alternativa 1 é a mais provável). Ai ai , mesmo assim eu ainda gosto daqui... Não temos temporais, furacões ou secas terríveis (como muita gente pensa). As secas exsitem em pleno sertão (que eu, pernambucana, não conheço). Mas isso é assunto para outros posts... (morro de vontade de conhecer o sertão!!!!!!). Enfim, vou indo antes que eu derreta e molhe meu teclado....

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=31525507



sábado, 24 de novembro de 2007

SÁBADO?! Em casa =~~

Postando apenas por tédio. Sábado/noite/Marina/casa/gripe. Nem preciso dizer mais nada. Engraçado que sempre mofei em casa nos sábados e nunca senti necessidade de sair de casa nesse dia. Porém, esse ano a minha vida mudou completamente e eu descobri que sair, comer, beber, rir, dançar, falar alto e todas as outras coisas são muito boas de fazer em um sábado à noite. Uma bela gripe me pegou e estou presa aqui. Já dava até para sair para um programinha levinho mas não sei mais o que é isso. Posso dizer que eu e meus amigos estamos fazendo praticamente uma festa por semana de uns tempos para cá. Prefiro o "80" do que o "8". Se não dá para cair na bagaceira, deixa eu quieta mesmo. Posso até sair de casa dizendo que vou me controlar e poupar minhas energias para meu corpo e, principalmente meus anti-corpos, voltarem ao normal. O grande problema é que me conheço e, se estou gostando de verdade de alguma coisa, eu mergulho de cabeça. Consequentemente, se eu sair de casa hoje, a farra vai ser grande. Semana que vem eu desconto (até porque, estarei de férias da faculdade oficialmente YEAH!). Pena que não tenho férias do trabalho... ( a faculdade stressa mais, bem mais!!!!)...

quarta-feira, 14 de novembro de 2007

video

Alguém pode me explicar como eles fazem isso??????

Odeio ilusionistas.... me sinto burra....

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Assim opera o cérebro humano: - beber álcool em excesso, como nós sabemos, mata neurônios, mas, naturalmente, ele ataca os neurônios mais fracos e lentos primeiro.

Neste caso, o consumo regular de cerveja, cachaça, whisky, vinho, rum, vodka, elimina os neurônios mais lentos, tornando seu cérebro uma máquina mais rápida e eficiente...

E mais: 23% dos acidentes de trânsito são provocados pelo consumo de álcool. Isto significa que os outros 77% dos acidentes são causados pelos filhos da p... que bebem água, suco ou refrigerante.

Seja inteligente... vá para o BUTECO!




**Se for beber não dirija.... apenas achei o e-mail digno de um post pela parte que cita os neurônios!!!!

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Mais um inconsciente....


Essa tartaruga tinha 70 anos e foi encontrada morta na praia de Intermares, em Cabedelo, João Pessoa (praia linda, vale salientar)..... encontrada morta, presa em uma estante de ferro que algum desgraçado que definitivamente não tem nada na cabeça, jogou no mar. O casco dela estava cheio de lesões causadas pelas tentativas da tartaruga de se soltar. Agora me respondam, sinceramente, tenho ou não tenho motivos de sobra para odiar os seres humanos? (De um modo geral, é obvio....). Matam animais direta e indiretamente... quantas milhões de vezes as poucas pessoas que se importam com o planeta vão ver seus esforços indo por água abaixo???? Se cada um ajudasse um pouco faria tanta diferença. Faço como posso... se meu único jeito de chamar a atenção das pessoas é através do meu humilde blog, aqui fica meu protesto. Volto a bater na mesma tecla que sempre bato e com muito orgulho: CONSCIÊNCIA AMBIENTAL!!!

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Minha lida velha nova

Como pode uma coisa assim acontecer? Por que ir embora em busca de uma morte/suicídio? Por que me deixar assim, sem usar as cinco outras vidas que ela tinha direito? Ela sobreviveu a um veneno forte e ainda conseguiua sobrevência de seus filhotinhos.... ela pedia para ir pra o braço, pedia beijo, pedia para dormir na minha cama (as vezes nem pedia, simplesmente quando eu ia dormir ela já estava dormindo lá), dormia na minha cama sempre que viajava, brigava com todos os outros gatos e era a criatura mais dócil do mundo com todos de casa.... e sumiu. Sumiu assim como meu gato galegão que também desapareceu há um mês. A mesma pessoas malígna deve ter feito isso. Por isso prefiro os animais do que as pessoas. Eles não matam uns aos outros por maldade. Eles não são tão imundos como muitos seres humanos por aí. Minha véia era uma velha nova. Três anos de muita alegria e amor.... espero a sua volta, quero do fundo do meu coração acreditar que ela está trelando por aí e, a qualquer hora estará dormindo na minha cama de novo.... ela ainda têm cinco vidas.... não pode ir agora.... Por favor.

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Falando em público...


Falar em público para mim é uma faca de dois gumes. Eu detono ou me detono. Estou participando de uns worshops de sistema de informação na faculdade e, a cada rodada, mudamos de posição no debate.... No primeiro eu apresentei e me julguei péssima mas, a crítica me achou ótima e me encheu de elogios (descobri um talento NATO para as artes cênicas.... não sabia muito o que falava e convenci quem ouvia). Nesse segundo, eu era a crítica, preparei uma excelente e na hora senti o rosto quente até ouvir um comentário "nossa, como ela está vermelha"... desabei, gaguejei, não saiu nada das palavras bonitas anteriormente planejadas mas, como sempre, improvisei da melhor maneira que pude e.... nota máxima novamente. Juro que não sei porque as pessoas da minha sala acham isso. Acredito que seja pelo simples fato de ter uma boa dinâmica ao me expressar e procurar ser o mais clara possível, sem usar um vocabulário fraco para isso. Enfim, tenho mais dois workshops e dois seminários pesados pela frente. Só quero ver no que vai dar.