quarta-feira, 21 de julho de 2010

Idas e vindas

A dor da despedida é algo difícil de descever. Mas plenamente possível. Ontem me despedi do meu pai. Ele cansou, mais uma vez, de tentar a vida por aqui e, de novo, saiu do país. Sem muito prazo para voltar. A terra escolhida dessa vez foi Portugal. Está encantado com a educação e a forma gentil com que as pessoas recebem e tratam ele, diferentemente de muitos comentários que já escutei a respeita da educação dos portugueses com os brasileiros. Espero que os planos deles sejam concretizados, que ele consiga atingir os seus objetivos e que o futuro seja melhor do que o presente, que não anda muito fácil para muita gente, inclusve eu.

3 comentários:

Evelyn disse...

Desejo sucesso ao teu pai!
E força pra ti, para que não sofra muito com a saudade!
Não sei como é o relacionamento de vocês...
Sei que gostaria de ter tido um relacionamento melhor com o meu pai, gostaria que ele tivesse sido mais presente na minha vida!

Bjos

Nathy disse...

Eu sei bem o que é isso. Tenho meu irmão, cunhada e sobrinhas do outro lado do mundo e a dor da saudade é demais. É triste, ver que as pssoas tentam a vida longe de toda a família. Eu não tenho estrutura pra isso. Mas, é a vida... Força pra vc! ;)

Sarinha disse...

Sucesso pro seu pai!
:D
queria ter essa coragem !